Home / Articles Posted by Renata Serrano

O Rio de Janeiro é sim a maravilhosa e cheia de lugares lindos pra visitar. Viajar para o Rio de Janeiro ainda é sonho de muitos brasileiros e de diversos turistas do mundo todo. Conhecer as belas paisagens, ver gente bonita, a vida noturna, samba, praia e agora com estas dicas de lugares pra degustar vinho no Rio tenho certeza que você não vai resistir.

Primeiro vamos falar dos pontos turísticos que você não pode deixar de visitar quando estiver no Rio.

  • Claro que o Corcovado não pode faltar. Cartão postal da cidade e que agora é uma das nova sete maravilhas do mundo. Simplesmente indescritível.
  • Outro cartão postal da cidade é o Pão de Açúcar que tem uma vista de 360°, contemplando diversas praias e até a vizinha Niterói. O caminho, de bondinho é feito em duas etapas: primeiro até o Morro da Urca, depois até o Pão de Açúcar. Sensacional.
  • O Museu do Amanhã é um museu de ciências dedicado a explorar as possibilidades de construção do futuro. Cinco perguntas norteiam seu percurso narrativo: De onde viemos? Quem somos? Onde estamos? Para onde vamos? Como queremos conviver nos próximos 50 anos? O conceito fundamental é que o amanhã não é uma data no calendário: ele é uma construção, e começa hoje. Estas perguntas costumamos fazer também depois de algumas taças de vinho (hahahaa).
  • O Jardim Botânico é uma espécie de refúgio no meio da cidade, com sons de pássaros e água corrente. Local bacana pra dar aquela relaxada.
  • Que tal uma espiadinha na Vista Chinesa? Tenho certeza que vai gostar.
  • Beber mate gelado e comer biscoito Globo, ahhh isso é um clássico carioca.
  • Tem coragem? Então vá saltar de Asa Delta na Pedra Bonita. Depois me conta o que achou.
  • A maior floresta urbana está no Parque Nacional da Tijuca, que abriga espécies da fauna e flora brasileira originalmente vistos apenas na Mata Atlântica. São várias atrações como Cascatinha Taunay, Capela Mayrink, Mirante Excelsior, Barracão, Gruta de Paulo e Virgínia, Lago das Fadas, Vista Chinesa e o Açude da Solidão. Só visitando mesmo pra conferir.
  • Tomar um chá da tarde na Confeitaria Colombo, uma das mais tradicionais do Brasil e símbolo da belle époqueInaugurada em 1894 a parada lá é obrigatória.
  • Ver aquele por do sol inesquecível no Arpoador.
  • E pra encerrar o dia, virar a noite na Lapa. O bairro mais boêmio do Rio de Janeiro é historicamente ligado ao samba, mas há opções para todos os gostos. Com muitos bares e casas de show, que cabem em diferentes orçamentos, a Lapa é imperdível.

Agora que você já conhece os principais pontos do Rio, vamos ao que interessa. Os bares onde se pode degustar bons vinhos.

Bottega Del Vino – num dos bairros mais nobres da cidade, o Leblon, você vai encontrar esta charmosa Enoteca com três adegas e quatro máquinas Enomatic. Para acompanhar sua taça não faltarão opções divinas no cardápio.
Site: http://bottegadelvino.com.br/

Porto di Vino – no bairro da Gávea fica este bar que é uma mistura de loja e wine-bar. Você pode levar pra casa ou degustar ali mesmo. Algumas vezes eles fazem degustações especiais. Consulte pelo site.
Site: http://portodivino.com.br/

Wine House – da fusão de um inglês com um brasileiro nasceu o Wine House. Localizado em Botafogo, o bar oferece uma variedade de vinhos a preços acessíveis, combinando com o estilo carioca. Sem preconceito e sem frescura. Somente bons rótulos e um ambiente acolhedor. Vale a visita.
Site: http://www.winehouserio.com.br/

Simon Boccanegra – Em Copacabana você encontra este elegante bar e bistrô. Sua adega impressiona. A maioria dos rótulos são italianos e prepare o bolso. Só que é um daqueles lugares que vale muito a pena conhecer.
Site: http://www.boccanegra.com.br/

Oscar Bistrô Bar – tipicamente Parisiense e localizado no bairro do Leblon, este wine bar vai te remeter aos mais deliciosos locais da França. Tá difícil ir pra França? Então vá ao Rio mesmo e aproveite.
Site: http://www.oscarbistrobar.com/

Se gostou das dicas agora é só aproveitar e curtir uma bela viagem para a cidade maravilhosa.

Consulte os roteiros da Barbarela Turismo especialmente elaborados para os amantes do vinho.

http://www.barbarelaturismo.com.br/pacotes-personalizados/categoria/roteiros

Acompanhe a Agenda In e viaje conosco pela “Na Rota dos Vinhos”.
Até a próxima!!!

Renata Serrano
Barbarela Turismo – uma agência de viagem especializada em Enoturismo

Contatos: renata@barbarelaturismo.com.br – Fone: (19) 3826-3440 e 98154-9440

 

Vinícola Guaspari – Eu sei que sou suspeita pra falar de passeios em vinícolas, mas a cada dia me apaixono mais por este tipo de atividade. Conhecer vinícolas novas, sua história, suas instalações e seus vinhos é realmente gratificante demais pra mim. Não é à toa que voltei o segmento da minha agência de viagens para o Enoturismo (amo viajar e amo vinho).

E se engana quem pensa que para degustar vinhos ótimos precisa sair do país. Tá certo que a Argentina, o Chile e agora o Uruguai tem o Enoturismo muito forte, mas nós aqui no Brasil somos extremamente competidores tanto no quesito vinho e espumantes como nos passeios que as vinícolas oferecem.

E olha que estou falando dos países que são próximos a nós. Imagina Europa, Estados Unidos, África do Sul….meu Deus, pra todo lado que se olha você vai encontrar um lugar maravilhoso e diferente pra degustar um bom vinho, ainda bem!!!

Aí você descobre que bem pertinho de você, pertinho mesmo (1h 30 minutos de carro), está uma vinícola com vinhos premiadíssimos. Estou falando da Vinícola Guaspari, localizada em Espírito Santo do Pinhal, que tive o prazer de conhecer.

vinicola guaspari

Quando falo dos vinhos premiados, posso citar aqui o Syrah Vista da Serra 2012 que recebeu medalha de prata na 9ª edição da Competição Internacional Syrah du Monde 2015, organizada pela Associação Fórum D’Enologie, na França. Em abril de 2016, o vinho foi premiado com medalha de bronze pelo concurso Decanter World Wine Awards 2016.

vinicola guaspari

O vinho Syrah Vista do Chá 2012 recebeu a medalha de ouro no concurso Decanter World Wine Awards 2016.

Pontuação: 95 pontos.

O Guaspari Sauvignon Blanc 2013 recebeu medalha de recomendação no concurso Decanter World Wine Awards 2016. E por aí vai.

A Guaspari inicia em 2006 com a plantação das primeiras parreiras e já em 2008 com a construção da vinícola. Seus primeiros vinhos são lançados no mercado em 2014. Hoje são 50 hectares de vinhedos próprios a partir dos quais todo o vinho é produzido.

Quando você conhece o local onde estes vinhos são produzidos, sabe a história deles e os degusta aí sim sua vida tem sentido, pelo menos a minha.

Após fazer a visitação nas plantações em uma boleia de caminhão, acompanhada de um dos enólogos da vinícola e visitar todas as instalações, você vai para uma sala de degustação muito bem organizada e equipada e aí sim começa a brincadeira.

Degustamos 04 rótulos excelentes e confesso que adorei o Chardonay.

A Guaspari conta ainda com plantação de oliveiras e macadamia, mas estes não degustamos.

A Barbarela Turismo faz um passeio pra lá todo ano levando pessoas que se interessam em conhecer tudo sobre esta belíssima vinícola, então nos acompanhe nas redes sociais e saiba qual será a próxima data para 2018.

Facebook: https://www.facebook.com/barbarelaturismo/
Instagram: https://www.instagram.com/barbarelaturismo/

Consulte os roteiros da Barbarela Turismo especialmente elaborados para os amantes do vinho.

http://www.barbarelaturismo.com.br/pacotes-personalizados

Acompanhe a Agenda In e viaje conosco pela “Rota dos Vinhos”.
Até a próxima!!!

Renata Serrano
Barbarela Turismo – uma agência de viagem especializada em Enoturismo

Contatos: renata@barbarelaturismo.com.br – Fone: (19) 3826-3440 e 98154-9440

 

Viagens de Enoturismo não englobam somente degustar vinhos, algumas delas te trazem experiências muito bacanas como é o caso da Vinícola Peterlongo.

No Brasil, a Peterlongo foi a primeira vinícola a elaborar espumantes seguindo as mesmas características dos produtos da França e atualmente é a única no país que pode utilizar a nomenclatura “champagne” em seus produtos, você sabia disso? E até hoje ela se preocupa em manter o mesmo método de elaboração. Degustei alguns e posso garantir que são excelentes.

A construção da vinícola segue os padrões da região de Champagne, na França, e suas instalações incluem uma residência em forma de castelo e uma cave subterrânea de 10 mil m². A cave possui a pedra basalto, que mantém a constante temperatura das garrafas em todas as estações do ano. Aliás, o basalto é uma pedra típica da região e em várias vinícolas as garrafas são resfriadas desta forma.

Após a visita pelas instalações da Peterlongo, pude participar do Wine Movie Peterlongo. Um projeto que está desde 2016 oferecendo uma super experiência de cinema ao ar livre. Para quem é amante de cinema e vinho como eu, a junção foi mais que perfeita.

Você pode se acomodar nas almofadas dispostas em pallets espalhados pelo jardim, nas esteiras ou pode trazer de casa sua própria cadeira e desfrutar dos melhores filmes com os melhores vinhos. O ingresso dá direito a uma taça personalizada com uma dose de espumante, vinho ou suco de uva. Tem também pipoca e food truck para você se deliciar.

A segunda temporada começou no sábado, 23/09, com a exibição de duas sessões da produção brasileira ‘O Filme da Minha Vida’. Eu estava lá e amei!!

A programação continua dia 7 de outubro com a reprise de ‘O Filme da Minha Vida’. O segundo filme do mês será ‘O segredo dos seus olhos’, programado para 21 de outubro e no sábado seguinte, 28, será a vez do ganhador do Oscar, ‘Moonlight: Sob a Luz do Luar’.  Sempre com música ao vivo.

Acompanhe a programação e a compra dos ingressos pode ser feita através do link: https://www.sympla.com.br/wine-movie-peterlongo—reprise-de-o-filme-da-minha-vida__195966

A vinícola está localizada em Garibaldi e se estiver na região, não deixe de conhecer sua história e participar desta incrível experiência.

Consulte os roteiros da Barbarela Turismo especialmente elaborados para os amantes do vinho.

http://www.barbarelaturismo.com.br/pacotes-personalizados/pacote/roteiro-vinho-e-cultura-bento-goncalves

Acompanhe a Agenda In e viaje conosco pela “Rota dos Vinhos”.
Até a próxima!!!

Renata Serrano
Barbarela Turismo – uma agência de viagem especializada em Enoturismo

Contatos: renata@barbarelaturismo.com.br – Fone: (19) 3826-3440 e 98154-9440

 

 

 

Viajar é uma experiência inesquecível e que ninguém tira de você. A vivência de tudo o que se passa em uma viagem é algo que marca para toda vida. E quando esta viagem também é chamada de “viagem de experiência”, como a Geisse Experience, aí a coisa fica ainda melhor.

No caso da vinícola Geisse, em Pinto Bandeira – RS, isso acontece e você sai de lá com gostinho de quero mais.

Além do tradicional passeio pelos parreirais, descobrir o processo de fabricação e degustar seus deliciosos espumantes você pode ter um Q a mais no seu passeio.

A vinícola oferece o Geisse Experience que nada mais é do que passear pelos vinhedos a bordo de um 4×4 acompanhado de um guia falando sobre todos os detalhes. O objetivo do tour é mostrar o terroir, entender suas características e diferenciais, em um passeio leve e prazeroso numa das paisagens mais lindas da Serra Gaúcha. Este é um tipo de passeio para toda família e as crianças gostam bastante.

O passeio faz algumas paradas e uma delas é numa cachoeira, com bancos e espumante a sua espera. O lugar é belíssimo, chamado Espaço Zen, bem no meio da natureza. Ali você fica mesmo Zen pressa de ir embora e com uma vontade enorme de que o relógio pare.

Ahhh algumas vezes o espumante é gelado nas águas da cachoeira, sensacional!!

A outra parada é em meio aos vinhedos, numa localização estratégica, com um mirante incrível. E vamos nós para mais uma degustação sem medo de ser feliz.

Somente 1/3 da área total da vinícola é utilizada para plantio, o restante foi preservado e oferece uma bela paisagem aos visitantes.

Duração aproximada do passeio é de 1h 30min.
*O passeio somente é realizado em dias sem chuva e com agendamento.

Voltando para a visita e degustação, o tour tem duração média de 1h e você tem três tipos de degustação pra fazer: a Clássica (linha Amadeu), a Conceito (Espumantes: Cave Geisse Brut + Cave Geisse Nature + Cave Geisse Rosé) e a Premium (Espumantes: Cave Geisse Blanc de Blanc + Cave Geisse Blanc de Noir + Cave Geisse Terroir Rosé) que foi a que escolhi. Sempre lembrando que estas visitas devem ser agendadas com antecedência.

Geisse Experience

No Open Lounge você degusta uma autêntica empanada chilena harmonizada com um belo espumante da Geisse, fora os drinks que são maravilhosos. Lugar ideal pra relaxar e aproveitar o final do dia.

A vinícola Geisse foi fundada em 1979, pelo engenheiro e enólogo Mario Geisse, chileno que veio para o Brasil em 1976.

Pinto Bandeira é conhecida como a região dos Vinhos de Montanha e foi lá que o enólogo identificou o local perfeito para produção de seus espumantes, que por sinal são tidos como um dos melhores espumantes do Brasil. Pra quem já provou como eu, sabe que isso é a mais pura verdade.

Não tem como visitar a região e não conhecer a Vinícola Geisse. Certeza que irá se apaixonar.

Consulte os roteiros da Barbarela Turismo especialmente elaborados para os amantes do vinho e este, em especial, inclui a Cave Geisse.

http://www.barbarelaturismo.com.br/pacotes-personalizados/pacote/roteiro-vinho-e-cultura-bento-goncalves

Acompanhe a Agenda In e viaje conosco pela “Rota dos Vinhos”.
Até a próxima!!!

Renata Serrano
Barbarela Turismo – uma agência de viagem especializada em Enoturismo

Contatos: renata@barbarelaturismo.com.br – Fone: (19) 3826-3440 e 98154-9440

 

Já pensou em conhecer grandes vinícolas e aproveitar o passeio para ver de perto alguns dos mais belos cenários europeus? Construções com séculos de história, paisagens verdes e vinhos especiais te aguardam na Rota do vinho na Alemanha.

Por mais que a Alemanha seja um país famoso pela cerveja, os vinhos produzidos por lá também merecem destaque. Alguns dos melhores vinhos brancos do mundo, por exemplo, são produzidos no vale do rio Mosela. Esta também é uma região famosa pelos vinhos de sobremesa.

Abaixo vou listar os principais pontos da Rota do Vinho na Alemanha para você não perder nada.

1 – Rheinessen

Não faltam variedades de uvas e de sabores para quem se aventura por uma das treze regiões vinícolas existentes na Alemanha. A maior delas é Rheinessen, que fica no sudoeste do país, em uma das áreas mais quentes e secas. O clima é ideal para o cultivo das videiras, tanto que existem mais de três mil empresas produtoras de vinho na região.

2 – Würzburg

Outra região vinícola alemã é Würzburg, conhecida por ser a porta de entrada da rota romântica do vinho. Uma das especialidades da cidade é o vinho tinto Trollinger – bebida leve, harmônica e de acidez leve. Se escolher visitar a cidade, aproveite para saborear um destes vinhos sobre a Ponte Velha, enquanto observa o pacífico pôr do sol no Rio Main. O palácio da residência, uma construção do século XVIII, é mais uma das atrações que valem ser visitadas em Würzburg. Fique atento aos famosos ratskeller que pode encontrar pelo caminho: este é o nome dado a restaurantes típicos que funcionam em porões e servem excelentes pratos.

3 – Rheingau

A 45 minutos de Frankfurt e ao longo do Rio Reno está a região vinícola de Rheingau. Um dos tipos de vinhos famosos do local é o Riesling. Também podemos citar o Spätburgunder ou pinot noir, como um dos tipos de vinhos mais produzidos em Rheingau. Esta é uma região composta por cidades hospitaleiras, famosas pelas suas festas do vinho. Se escolher incluir este destino na sua rota, considere fazer a trilha Rheinsteig, que segue o Rio Reno da cidade de Wiesbaden até Bonn. Pelo caminho, você encontrará castelos, vinhedos e muita natureza.

As outras regiões vinícolas alemãs são: Ahr, Baden, Franken, Hessische Bergstraße, Mittelrhein, Mosel, Nahe, Pfalz, Saale-Unstrut e Sachsen. Cada uma delas guarda características próprias que garantem uma excelente experiência turística. As diferenças na composição do solo também proporcionam inúmeras variações nos sabores dos vinhos produzidos no país.

A primavera e o verão, que vão do fim de Março a meados de Setembro, são boas épocas para fazer estes passeios. É quando o clima não está tão frio e as paisagens estão mais verdes e floridas.

Agora que você conhece um pouco mais das regiões de vinhos na Alemanha, que tal programar sua próxima viagem? A Barbarela Turismo tem roteiros personalizados que vão de encontro ao que você está buscando.

Consulte-nos para maiores informações.

http://www.barbarelaturismo.com.br/pacotes-personalizados

Acompanhe a Agenda In e viaje conosco pela “Na Rota dos Vinhos”.
Até a próxima!!!

Renata Serrano
Barbarela Turismo – uma agência de viagem especializada em Enoturismo

Contatos: renata@barbarelaturismo.com.br – Fone: (19) 3826-3440 e 98154-9440

 

Apesar de já ter falado aqui sobre o Uruguai, hoje trago para vocês uma bodega específica que é a Pizzorno.

O Uruguai está investindo forte no segmento de Enoturismo, então vale a pena detalhar algumas destas bodegas. As províncias do sul, como Canelones, Montevidéu, São José e Colônia são responsáveis por 80% da produção do país.

A Bodega foi fundada em 1910 por Don Próspero José Pizzorno, descendente de italianos, que foi o inspirador de uma tradição familiar centenária. Seu neto Carlos Pizzorno é quem continua o legado sem perder a tradição da família, mas hoje se fez adaptações aos tempos atuais com tecnologias avançadas de cultivo, elaboração dos vinhos e pela busca de sua excelência.

Situada a 20 km ao norte da cidade de Montevidéu, na região de Canelón Chico, em Canelones, a Pizzorno combina a melhor tecnologia com a tradição para elaborar seus vinhos.

Os vinhos elaborados hoje pela família Pizzorno representam uma terra rica e próspera. São produzidos exclusivamente a partir de uvas cultivadas em seus vinhedos, numa zona privilegiada, com clima temperado e noites frias, que conferem cor e aroma mais intensos. Carlos Pizzorno soube evoluir porque acreditava naquela terra e continuou a trabalhar incansavelmente pela sua paixão pelo vinho.

São 21 hectares de vinhas muito bem cuidadas. As uvas cultivadas são: Tannat, Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Petit Verdot, Merlot, Pinot Noir, Malbec, Arinarnoa, Marselan, Sauvignon Blanc, Chardonnay e Muscat Hamburgo. A Tannat é a variedade tradicional do país, por sua perfeita adaptação ao clima e solo Uruguaio. Produz um vinho único de cor intensa, taninos estruturados, bom aroma e corpo. É excelente para acompanhar carnes vermelhas que, aliás, diga-se de passagem, também são maravilhosas no Uruguai.

A Pizzorno tem uma visita guiada pelos vinhedos chamada Pizzorno Wine Experience que é uma experiência única onde em cada taça você descobrirá os segredos de seu terroir e seu inigualável sabor. No tour você degusta a melhor seleção de vinhos e aperitivos de produção artesanal. Um enólogo acompanha todo o percurso falando sobre a Bodega, sua produção e seus vinhos. Muitas vezes o próprio Carlos ou seu filho Francisco guiam este tour.

Quer dica de um vinho excelente da Pizzorno? O Primo 2011. É o vinho ícone da vinícola, feito com uvas de uma safra considerada histórica. Tanto é que ele recebeu nota 93 no Guia Descorchados de 2016. Foram feitas poucas garrafas deste exemplar.

Considerado o melhor espumante do Uruguai pelo guia Descorchados 2016, o Pizzorno Rosé Nature Pinot Noir, que é, assim como os demais espumantes da bodega, elaborado pelo método champenoise. Certeza que vai adorar este espumante.

Sabia que o processo de rotulagem dos vinhos ainda é realizado à mão por uma única pessoa? Muito interessante isso.

Agora que descobriu mais sobre esta fantástica Bodega, que tal conhecer pessoalmente?

A Barbarela Turismo está com um roteiro de 06 dias fazendo Montevidéu e Punta Del Este que inclui visita à Pizzorno.
Consulte-nos para maiores informações e solicite o roteiro detalhado.

http://www.barbarelaturismo.com.br/pacotes-personalizados/pacote/rota-dos-vinhos-no-uruguai

Acompanhe a Agenda In e viaje conosco pela “Rota dos Vinhos”.
Até a próxima!!!

Renata Serrano
Barbarela Turismo – uma agência de viagem especializada em Enoturismo

Contatos: renata@barbarelaturismo.com.br – Fone: (19) 3826-3440 e 98154-9440

 

Vinho e Deserto combinam? Pelo visto sim porque quem visita a região do Deserto do Atacama, no Chile, vai encontrar vinhos de excelente qualidade.
Por mais estranho que possa parecer, em um dos lugares mais áridos do planeta se pode cultivar uvas e ainda produzir um dos vinhos mais raros e incríveis do mundo.

A maior parte das vinícolas está localizada próxima ao litoral do Pacífico.

O Vale de Huasco é chamado de “Jardim do Atacama”. Mesmo que a produção principal seja de uvas para pisco (bebida destilada de uva), alguns vinhos locais se tornaram famosos. A Ventisquero e a Ramirana, empresas do mesmo grupo, estão nesta região. É um dos lugares mais difíceis de cultivar a uva, mas todo o esforço é recompensado com ótimos vinhos.

Mil quilômetros ao norte de Huasco estão localizadas as vinícolas de Toconao, nos arredores de San Pedro de Atacama. Até o momento foram produzidas poucas safras do vinho Ayllu, com resultados muito promissor. Ayllu faz parte dos vinhedos do Salar de Atacama. O passeio se chama Tour Vinho de Tocanao. Imperdível.

Em Talabre, a 30 quilômetros de Toconao, estão sendo cultivados os vinhedos que podem ser considerados os mais altos do mundo, a 3.500 metros de altura. É possível chegar à região de Toconao e San Pedro de Atacama por meio do aeroporto de Calama, a cidade mais próxima. Os voos partem e retornam para Santiago.

Outra opção é utilizar os ônibus que viajam pela região e que param em Toconao e em San Pedro. Aí vai do gosto de cada um. O importante é ir.

Mas é claro que nem só de vinho vive o Atacama, muito pelo contrário. Suas belezas naturais são incríveis e é isto que chama a atenção dos turistas. Muitas vezes os passeios ocupam manhã, tarde e um pedaço da noite. Só não deixe de fazer os passeios básicos no Atacama: Valle de La Luna + Valle de La MuerteLaguna CejarGeysers del Tatio e Lagunas Altiplanicas.

Esses passeios são lindos, muito tradicionais e fazem paradas em diferentes pontos. No Valle da Lua você verá formações de sal muito interessantes, uma duna enorme e poderá caminhar em um cânion. Já a Laguna Cejar é um passeio não apenas para contemplação, mas também para o banho (essa lagoa tem 40% de sal e faz com que as pessoas entrem na água, mas não afunde) é gelado, mas uma experiência inesquecível, não dá para perder.

Os Geysers del Tatio são fendas no solo que têm pequenas erupções; para conhecer os gêiseres é preciso sair bem cedinho (ainda de madrugada) de San Pedro, porque apenas quando o ar ainda está gelado é que se pode ver o vapor que sai do solo.

Outro passeio não tão popular, mas que é lindo é o passeio que leva ao Salar de Tara, um local com formações rochosas muito curiosas e uma lagoa belíssima, onde se pode ver flamingos e a nascente de água doce.

O Deserto do Atacama é maravilhoso e agora que você sabe que tem vinho por lá pode voltar, pra quem já foi, ou programar sua próxima viagem. Como eu disse, o importante é ir.

Consulte os roteiros da Barbarela Turismo especialmente elaborados para os amantes do vinho.

http://www.barbarelaturismo.com.br/pacotes-personalizados

Acompanhe a Agenda In e viaje conosco pela “Rota dos Vinhos”.
Até a próxima!!!

Renata Serrano
Barbarela Turismo – uma agência de viagem especializada em Enoturismo

Contatos: renata@barbarelaturismo.com.br – Fone: (19) 3826-3440 e 98154-9440

Bem aqui pertinho, na cidade de Andradas, sul de Minas Gerais, está a Casa Geraldo que oferece passeio onde se visitam as plantações, a produção e no final a degustação dos vinhos.

Todos os anos a cidade celebra a Festa do Vinho, evento que atrai milhares de turistas dispostos a degustar seus vinhos e valorizar a cultura local. Em Andradas, a Casa Geraldo é a pioneira na produção de uvas da espécie vitis vinifera, sendo a maior produtora de uvas da região e uma das maiores vinícolas do estado.

A visita começa num auditório, onde é contada a história da vinícola e logo após se inicia o passeio pelos parreirais, a produção, uma visita subterrânea, onde estão armazenados os barris e finalmente a degustação.

A vinícola conta com um restaurante de comida por quilo e caseira. Vale a pena almoçar lá mesmo. Sem contar que eles fazem também jantares temáticos. Consulte o site antes e se programe.

Eles possuem uma sala de degustações onde são ministrados cursos de degustação de vinhos. Os enólogos ensinam o passo-a-passo da arte da degustação e noções básicas de cultivo de uva e elaboração dos vinhos. O programa tem duração de um dia e inclui visitação à adega, onde se acompanham todas as etapas da produção vinícola, desde a recepção da uva até a enogastronomia. Muito bacana pra quem quer aprender um pouco mais sobre esta fantástica bebida.

Depois de tudo isso é só dar um pulo na lojinha e comprar diversos produtos como os próprios vinhos, cafés, cachaças especiais e queijos. Tudo com o verdadeiro sabor da fazenda.

Pra quem não pode ir muito longe e quer fazer um passeio diferente, tá aí a dica de hoje!

Consulte os roteiros da Barbarela Turismo especialmente elaborados para os amantes do vinho.

http://www.barbarelaturismo.com.br/pacotes-personalizados

Acompanhe a Agenda In e viaje conosco pela “Rota dos Vinhos”.
Até a próxima!!!

Renata Serrano
Barbarela Turismo – uma agência de viagem especializada em Enoturismo

Contatos: renata@barbarelaturismo.com.br – Fone: (19) 3826-3440 e 98154-9440

 

 

E lá vamos nós de novo falar dos vinhos argentinos, desta vez a Rota do Vinho de Chubut é destaque na nossa coluna.
As visitas no vale patagônico propõe realizar caminhadas pelos vinhedos, participar da colheita, conhecer as chácaras de produção e desfrutar sabores únicos.
É o encontro perfeito entre belíssimas paisagens, parques e reservas naturais, zonas históricas e uma interessante cultura ancestral.
A província de Chubut promete novas experiências dentro de um extenso circuito pela zona das cordilheiras. A região se destaca por hospedagem de qualidade, gastronomia única e passeios variados.
Na Argentina, a Patagônia geograficamente inclui as províncias de Neuquén, Rio Negro, Chubut e Santa Cruz, além da parte leste da Terra do Fogo. Sem dúvida, a Patagônia é a região mais austral da Argentina onde há a vitivinicultura. Bom saber que até no fim do mundo se encontra vinho.
Rio Negro é a região mais austral da Patagônia e também a que mais atraiu os grandes nomes da vitivinicultura europeia, especialmente pela qualidade de das uvas Sauvignon Blanc, Pinot Noir, Malbec e Merlot e, também, de Sémillon.
Atrativos não faltam à Patagônia argentina e cada vez mais brasileiros descobrem o quanto a região tem a oferecer. O desenvolvimento desta rota na província de chubut é uma excelente oportunidade para a integração regional.
Aproveite que está na Patagônia e conheça outros locais como Puerto Madryn e sua diversificada vida marinha. Mergulhe com os leões marinhos, visite uma colônia de pinguins e tantas outras atrações. Da praia de Puerto Pirámides, que fica na Península Valdés, você consegue ver as baleias mais de perto, passeios mais do que recomendados para quem gosta de animais.
Como sempre digo, ainda bem que existem vinhos pelo mundo todo e por onde se anda, é certeza que irá encontrar algum diferente pra degustar.
Consulte os roteiros da Barbarela Turismo especialmente elaborados para os amantes do vinho.

http://www.barbarelaturismo.com.br/pacotes-personalizados

Acompanhe a Agenda In e viaje conosco pela “Rota dos Vinhos”.
Até a próxima!!!

Renata Serrano
Barbarela Turismo – uma agência de viagem especializada em Enoturismo

Contatos: renata@barbarelaturismo.com.br – Fone: (19) 3826-3440 e 98154-9440

Já pensou em passar um final de semana diferente? E se este final de semana for em Curitiba?

Na região existe um tour imperdível pelos caminhos do novo polo de Enoturismo do Brasil formado por oito vinícolas, três das quais com restaurantes.

As oito vinícolas que compõe o novo polo de Enoturismo brasileiro são: Cave Colinas de Pedra, Vinhos Santa Felicidade, Araucária, Copasol-Trentina, Família Fardo, Famiglia Zanlorenzi, Franco-Italiano e Legado.

A produção dessas vinícolas é voltada às famílias que geralmente fazem um passeio de fim de semana. Com esse perfil, a intenção também é investir em espaços dedicados às crianças, que muitas vezes acompanham os pais.

Com a chegada do inverno, nada melhor do que fazer um roteiro para degustar bons vinhos com boa gastronomia, não é mesmo? Certamente você vai encontrar um que se encaixa no seu perfil.

Mas já que está por lá, não deixe de visitar alguns pontos imperdíveis na cidade como a Ópera de Arame, o Jardim Botânico, os diversos parques e bosques existentes na cidade, o bairro Santa Felicidade e se conseguir dar aquela esticadinha na viagem aproveite para fazer o passeio de trem que vai até Morretes, muito bacana.

Consulte o roteiro da Barbarela Turismo especialmente elaborado para um final de semana em Curitiba.
Todos os roteiros podem ser elaborados de acordo com a preferência de cada viajante.

http://www.barbarelaturismo.com.br/pacotes-personalizados/pacote/curitiba

Acompanhe a Agenda In e viaje conosco pela “Rota dos Vinhos”.
Até a próxima!!!

Renata Serrano
Barbarela Turismo – uma agência de viagem especializada em Enoturismo

Contatos: renata@barbarelaturismo.com.br – Fone: (19) 3826-3440 e 98154-9440

})(jQuery)