Home / COLUNAS  / Artes & Ideias  / Bingo: Quando o Bozo vai para o Oscar

Bingo: Quando o Bozo vai para o Oscar

Bingo retrata a vida nada lúdica de Augusto Mendes que antes de ser o Bozo foi ator de pornochanchada, mas sonhava com um papel sério na indústria do entretenimento. 

bingo
O filme não é novo nem a indicação ao Oscar como representante brasileiro em 2018. Mas como está em cartaz no Shopping Galleria e foi indicado ao Oscar é bom falar sobre Bingo. O rei das manhãs. 
Bingo – o palhaço do filme que teve seu nome trocado por questões autorais e criativas – retrata a vida nada lúdica de Augusto Mendes que antes de ser o Bozo foi ator de pornochanchada, mas sonhava com um papel sério na indústria do entretenimento.
Numa dessas voltas que a vida dá – e super bem mostrada no filme – Augusto se torna na TV o mais conhecido palhaço do Brasil mas também em um tom anárquico, politicamente incorreto e louco – coisas que só os anos 80 o permitiam.
Vladimir Britcha excelente como Bingo mostra a vida de excessos do palhaço entre drogas, farras e até mesmo o uso de cocaína pouco antes de entrar no ar.
O filme não alivia e traz os altos e baixos entre festas embaladas a hits dos anos 80 que todos amam remetendo à uma época querida pela grande maioria do público que vai ao cinema ver Bingo e conhece um pouco mais da trajetória do que acontecia antes da corrida de cavalinhos, um ícone da infância de muitos.
Então se você curtiu Bozo e a decáda de 80 ainda dá tempo. Pega a pipoca e corre para o cinema.
Bingo está em cartaz no Shopping Galleria.
Cheque sempre com os cinemas antes de sair de casa pois mudanças podem ocorrer.
Até Mais!
Gil Bastos

gil.bastos.9@gmail.com

})(jQuery)