Campanha “Não foi acidente” é lançada para alertar a população sobre o Maio Amarelo

73

A SBAIT (Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado) está lançando a campanha “Não foi acidente!”. O objetivo é conscientizar os motoristas sobre suas decisões e responsabilidades em ocorrências de trânsito. A campanha, que será veiculada nas redes sociais, faz parte das ações da entidade para o Maio Amarelo.

Com os temas “Não foi acidente, se você ultrapassou em local proibido”, “Não foi acidente, se você bebeu antes de dirigir”, “Não foi acidente, se você mexeu no celular enquanto dirigia” e “Não foi acidente, se você dirigia sem cinto”, a SBAIT quer mostrar para as pessoas que todas as ocorrências de trânsito poderiam ser evitadas com prevenção e responsabilidade.

“A doença Trauma é a terceira causa de morte no Brasil, e a primeira causa de morte entre pessoas na faixa etária de 15 a 29 anos”, lembra o presidente da SBAIT, José Mauro da Silva Rodrigues. “Boa parte dos casos de Trauma é resultado de ocorrências de trânsito, por isso, decidimos fazer esta campanha, a fim de lembrar os motoristas que boas atitudes são fundamentais no trânsito”, completa.

De acordo com Rodrigues, 100% dos casos de trauma poderiam ser evitados. “A imprudência é o maior problema. As pessoas nunca acham que vai acontecer com elas e abusam. Usam o telefone enquanto dirigem, ultrapassam em locais proibidos, consomem bebida alcoólica antes de dirigir, não fazem manutenção no veículo, enfim, poderíamos ficar horas citando situações que deveriam ser evitadas e, consequentemente, reduziriam o número de ocorrências no trânsito”, afirma. “O Trauma acaba com vidas, destrói famílias inteiras, deixa milhares de sequelados. Já passou da hora de as pessoas entenderem que são as suas atitudes que farão diferença”, destaca.

De acordo com informações do DataSUS, em 2015, o Brasil registrou 152.136 mortes por traumas (causas externas). Deste total, 39.543 foram causadas por ocorrências de trânsito. “São números alarmantes. Mais de 100 pessoas morrem por dia no trânsito brasileiro. Isso sem contar na quantidade de gente que fica ferida ou com graves sequelas. É imprescindível investirmos em campanhas de prevenção.”, reforça Rodrigues. No Estado de São Paulo, o Trauma matou 23.450 pessoas em 2015, sendo 6.270 no trânsito.

A campanha da SBAIT está totalmente ligada ao tema do Maio Amarelo deste ano: “Nós somos o trânsito”. Em sua 5ª edição, o Movimento quer fomentar as discussões sobre a necessidade de redução do número de mortes e feridos graves no trânsito, lembrando que todos nós somos responsáveis pelos nossos atos.

Sobre a SBAIT

A SBAIT é uma sociedade nacional, que reúne cirurgiões do Trauma de todas as regiões do País e atua fortemente na prevenção desta doença, que é a terceira maior causa de morte no Brasil, perdendo apenas para doenças cardiovasculares e câncer. Na população mais jovem, entre 15 e 29 anos, é a principal causa de morte. Trauma é todo ferimento causado por fatores externos, como violência, ocorrências de trânsito, ocorrências domésticas, etc.