Home / COLUNAS  / Artes & Ideias  / É tempo de esperança no cinema e na arte

É tempo de esperança no cinema e na arte

Quem sabe uma lista de filmes que falem sobre novas promessas, novos desejos e novas esperanças não possam preencher nossas telinhas e telões nos preparando para esse novo ano que chega? 

Não tem jeito: fim de ano (como assim já estamos em novembro?) traz para muitos o peso de promessas não cumpridas, mas para outros traz também o sentimento de folha em branco para um ano novo: novas promessas, novos desejos e, sim, novas esperanças.

A arte traduz muito bem e frequentemente esse sentimento que nos move: a esperança, a motivação, afinal, quem nunca leu um bom livro ou saiu do cinema com aquela sensação de “que história, se ele pode eu também posso” ou “se ela com tudo o que passou venceu, eu também vencerei”?

Quem sabe então uma lista de filmes que falem sobre esse sentimento não possa preencher nossas telinhas e telões nos preparando para esse novo ano que chega?

A vida é bela – filme italiano de 1997 que fala de esperança onde menos se espera – durante a realidade crua de uma guerra mundial e que tem no seu protagonista a imaginação como salvação e cura.

A pequena Miss Sunshine – uma comédia de 2006 que faz rir e ao mesmo tempo emociona em vários momentos mostrando uma família unida na busca de seus sonhos. Começando pela filha mais nova que contra os estereótipos sonha em ser uma Miss.

Preciosa – Uma história de Esperança – como o nome entrega esse drama de 2009 mostra a história de uma jovem de 16 anos que em uma mudança de escola encontra uma chance de mudar o seu destino.  

A Teoria de Tudo – o filme de 2015 (e meu preferido da lista) conta a história do gênio astrofísico Stephen Hawking que, aos 21 anos de idade, foi diagnosticado com uma grave doença degenerativa que limitou seus movimentos, mas não sua vida.

Pegue sua pipoca (ou o seu panetone) e curta ver ou rever esses belos filmes!

Até breve!

Gil Bastos

 

 

 

gil.bastos.9@gmail.com

})(jQuery)