Healthism, a doença de quem tem fixação em “saúde”

54

Você já ouviu falar de Healthism? O termo não é tão novo, mas existe uma repaginação no significado deste movimento. Inicialmente caracterizado como a “doença da saúde” muito associado a Angelina Jolie por ter optado pela mastectomia preventiva. Foi associado à busca excessiva da cultura ocidental por saúde. Atualmente ele vem ressignificado, trazendo um conceito de investimento em bem-estar e cuidado com a saúde preventiva de forma mais gentil e realista.

Escrevi sobre esse tema para a Revista Boa Forma e quis trazer essa informação para a minha coluna na Agenda In. Em 2019 veremos a popularização do Heathism como uma tendência de auto-cuidado para um estilo de vida mais saudável, porém, como todo movimento é importante aderirmos com equilíbrio, discernirmos o que é modismo e o que é de fato positivo para ser assimilado com menos restrições e mais ponderação.
Se você já quer aderir a algumas práticas de auto-cuidado para um estilo de vida mais saudável dentro do movimento healthism seguem algumas dicas:

1 – Seja melhor do que você!

Use quem você foi ontem como referência para a mudança de estilo de vida, desapegue dos padrões e foque em ser cada dia uma versão melhor de você mesma. As comparações não são saudáveis e podem levar a extremismos e frustração.

2 – Foque na mudança de comportamento!

Os nossos resultados em saúde são consequência da mudança de hábitos e não do peso na balança, ou do seu formato de corpo e da sua aparência.

3 – Desenvolva habilidades através do esforço!

Exercite o mindset de crescimento que é a forma de pensar das pessoas que acreditam que o esforço gera aprendizado. Com essa postura você pode desenvolver e aprimorar competências como: foco, capacidade de fazer escolhas, persistência, disciplina, resiliência, visão de longo prazo, tudo isso vai ajudar muito em sua mudança de estilo de vida.

4 – Movimente-se, comece gradualmente!

Tenha uma vida mais ativa nas pequenas rotinas do dia a dia. Busque alternativas que se adequem a sua rotina. Prefira exercícios que te dão prazer, teste diferentes possibilidades, porém, se não encontrar, priorize a saúde e faça assim mesmo, normalmente, precisamos de um tempo de prática para começar a gostar da atividade.

5 – Medite!

Esteja presente no hoje! A meditação traz benefícios imensuráveis para a saúde física e mental. Diminuindo a ansiedade, o stress, a dor crônica, todos tão presentes na vida moderna e tão prejudiciais a nossa saúde.

6 – Alimente-se de forma saudável e consciente!

O mindfuleating é uma das técnicas que mais se aproximam do Healthism hoje em dia. Sua prática promove a consciência alimentar em relação aos nutrientes, a fome, a saciedade. Estimulando olhar para as emoções que geram a “fome emocional” e com mais compaixão e menos culpa entenderem a informação que estas emoções trazem ao invés de comê-las.

 

Se este texto te ajudou me conte nas minhas redes sociais, vou amar saber disso.

Istagram: judoimocarellicoach
Istagram do programa de emagrecimento: programayouup
Facebook: @julianacarelliporvoce

Juliana Carelli é coach de vida, especializada em mudança de comportamento para autoestima, saúde e emagrecimento. Desenvolveu uma metodologia própria que engloba coaching, neurociência, PNL, mindfuleating.
www.julianacarelli.com.br

www.julianacarelli.com.br