Nem só de bege vive um ambiente

357

Para obter o efeito leve que esse tipo de visual pede, usualmente são utilizadas cores neutras e claras e, sem dúvidas, o bege ainda é o mais utilizado.

A decoração que chamamos de clean definitivamente é a preferida da maioria das pessoas. Versátil e atraente, ela fica bem em peças de qualquer estilo e pode ser utilizada em qualquer ambiente, seja em espaços residenciais ou comerciais.

Quando pensamos numa aparência monocromática, as chances de errar são muito pequenas. Mas, será que essa maneira de conceber um espaço não o torna monótono e sem vida?

Certamente a ideia não é estimular uma composição extremamente colorida, com estampas e texturas variadas, mas sim optar por uma ou mais cores que se destaquem em meio a um mar de paredes, cortinas, tapetes, móveis e outros objetos em tons de bege.

A presença de outras cores também reflete a personalidade de quem utiliza o ambiente, além de tirar a aparência de ser mais do mesmo. Pessoas intensas tendem a preferir as cores vibrantes, como o vermelho, amarelo e laranja. Já os mais tranquilos preferem tonalidades mais calmas, como azul e verde.

Quando queremos fazer alguma modificação na decoração, a primeira coisa que vem a nossa mente é mudar as capas das almofadas. E sim, isso funciona! Para acompanhar a escolha, vasos, abajures, quadros e outros objetos decorativos são os melhores parceiros.

O importante é saber escolher quais serão os elementos que receberão os toques de cor. Para não cansar, evite itens grandes ou que permanecerão por um longo período, como sofás e cortinas.

Isso não quer dizer que outras peças não possam ser os protagonistas desse toque de originalidade. Ótimas opções são as poltronas, bancos, banquetas, pufes, cômodas, aparadores, baús e mesas de apoio.

Vale também trazer realce para as paredes, com revestimentos, papel de parede, tecidos ou simplesmente com uma pintura diferenciada.

Também é possível fazer uma composição com outras cores neutras, porém mais escuras. O preto e as nuances de marrom são possibilidades versáteis e sofisticadas.

Afinal, o que realmente importa é que você se identifique com o resultado e sinta-se acolhido.

Super texto da nossa colunista Josi Banov Designer de Interiores – @josi.banov.dint (19) 99203-3491
www.josibanov.com.br Confira a matéria completa em nosso storie!