Seminário: “Investir e Migrar para os EUA” será ministrado gratuitamente em Campinas

166

Seminário Investir e Migrar para os EUA será realizado em Campinas, dia 07 de novembro.

                                                          

Para orientar e esclarecer as dúvidas de potenciais investidores, Campinas recebe o Seminário: “Investir e Migrar para os EUA”, no dia 17 de outubro (quarta-feira), das 18h30 às 20h30, no Royal Palm Residence. O advogado George Cunha, titular do escritório Advocacia Internacional George Cunha, indicado pela UGlobal e pela EB5 Investors Magazine nos Estados Unidos como um dos 100 melhores escritórios de imigração do mundo – vai mostrar quais são os passos a seguir para obter o Green Card nessa modalidade. As inscrições são gratuitas e as vagas limitadas.

É crescente o número de brasileiros que decidem migrar para os Estados Unidos em busca de um país mais seguro e com economia estabilizada, além de melhores condições de educação para os filhos. O almejado Green Card é um sonho possível para quem está disposto a investir em negócios nos EUA. Por meio do Programa EB-5 – visto americano baseado em geração de emprego – investidores e suas famílias podem obter o visto de residência permanente e morar de forma legal.

 

“Nossa ideia é de propiciar aos brasileiros a oportunidade de viverem uma vida 40 anos à frente da que estão vivendo nos dias de hoje. Essa é a diferença de tempo entre os Estados Unidos e o Brasil, ou seja, estamos 40 anos atrasados com relação aos Estados Unidos, seja no âmbito da educação, segurança, tecnologia, saúde e de outros fatores na vida cotidiana de cada pessoa. No evento que estamos programando em Campinas, iremos mostrar detalhadamente o porquê do Brasil estar 40 anos atrasado em relação aos Estados Unidos”, saliente George Cunha.

 

Advogado George Cunha durante premiação nos Estados Unidos como um dos 100 melhores escritórios de imigração do mundo.

 

                                         

“A tendência é que cada vez mais investidores do Brasil migrem para os Estados Unidos. Em 2016, 152 brasileiros migraram por meio do Programa EB-5. Em 2017, o número aumentou para 282. A cidade de Campinas concentra um número significativo de empresários com esse perfil, por isso o evento será realizado na cidade”, conta o advogado George Cunha.

Desde 2014, o especialista em direito internacional assessora brasileiros na obtenção do EB-5:

“Outra vantagem do programa é a possibilidade de obter descontos em conceituados colégios e Universidades públicas americanas, que podem chegar a 70%, se comparados com o valor pago por estudantes com visto F1”, destaca Cunha.

O visto EB-5 (Employment-Based Immigration) foi criado pelo governo americano em 1990 e alterado em 1993, com objetivo principal de aumentar o fluxo de captação de recursos financeiros de investidores estrangeiros e fomentar o comércio e a indústria de áreas menos desenvolvidas dentro do território americano, enquadradas como áreas rurais ou com altos níveis de desemprego, denominadas Targeted Employment Area – TEA’s.

O principal requisito para aplicação do visto EB-5 é que o investidor estrangeiro aporte a quantia de U$ 500 mil em um novo empreendimento comercial, por meio de investimento direto ou indireto. Em contrapartida, o governo oferece ao investidor e família (cônjuge e filhos abaixo de 21 anos) a possibilidade de receber o Green Card para morar legalmente nos Estados Unidos. O novo empreendimento comercial deve gerar 10 novas vagas de trabalhos para americanos ou residentes legais por um período mínimo de dois anos, e os recursos aportados devem ser comprovadamente de origem lícita.

“Com o EB-5 os brasileiros não precisam solicitar renovação a cada período de dois ou três anos, como é o caso dos vistos para não imigrantes L1 e E2. E o aplicante e a família obtêm o Green Card da forma mais rápida (uma média de 16 meses) e de uma maneira legal e segura”, explica o advogado. Segundo ele, contar com uma boa assessoria, que oriente no processo de aprovação do visto, minimiza possíveis riscos desse tipo de investimento.

Novas regras

A regra atual tem vigência até o início de dezembro e há propostas para subir o valor requerido para U$ 1,35 milhão (R$ 5 milhões). Cunha destaca que a possibilidade de que o Congresso dos Estados Unidos eleve o aporte mínimo para obtenção do visto de residência no país por investidores fez crescer a busca de brasileiros pelo documento e que, diante dessa mudança, esse é o momento ideal para iniciar o processo.


                                                                               

Seminário: “Investir e Migrar para os EUA”
Data: Dia 07 de novembro em Campinas/SP
Horário: 18h30 às 20h30
Local : Local: Royal Palm Residence (Rua Conceição, 450 – Campinas/SP)