físico

Sistema Cardiovascular: Qual o papel do exercício físico?

172

Sistema Cardiovascular: Como ele interage com outros sistemas e o exercício físico qual o papel dele?

Já sabemos que exercício físico é denominado como atividade planejada; estruturada e organizada de acordo com os objetivos, como por exemplo, musculação; maratonas aquáticas; treinamento em modalidades diversas entre outras.

O exercício físico em si, adapta todos os sistemas, sistema cardiovascular com adaptações sistêmicas, sistema muscular e o sistema de defesa. Para suprir a demanda energética são necessárias várias adaptações fisiológicas, o tipo e a magnitude da resposta cardiovascular dependem das características do exercício executado, tipo de exercício, intensidade, duração, e a massa magra envolvida. Existem dois tipos: exercícios dinâmicos (contração muscular seguida movimento articular) e estáticos (contração muscular sem movimento articular).

Exercícios dinâmicos: as contrações musculares são seguidas de movimentos sem bloqueio articular, não existindo obstrução de vasos sanguíneos, neste tipo de exercício também se observa aumento da atividade nervosa simpática, com aumento da frequência cardíaca, do volume sistólico e do débito cardíaco, sendo mais interessante de se observar que há um aumento da pressão arterial sistólica, mas com manutenção ou redução da diastólica.

A aptidão física pode ser um fator que agrega qualidade de vida e condicionamento físico aos indivíduos, e pode ser dividida em: aptidão cardiorrespiratória; composição corporal e aptidão musculoesquelética. Na aptidão cardiorrespiratória, envolvem-se grandes grupos musculares, sendo a capacidade de continuar ou persistir em tarefas extenuantes por períodos prolongados, podendo ser um treino de endurance com estímulo de força com execução em uma zona aeróbica, ou seja, depende de oxigênio com melhora de objetivo, sendo sustentado pelo metabolismo de ácidos graxos (gorduras) e carboidratos.

Um aspecto interessante no treino cardiovascular, ele melhora a circulação sanguínea, melhora a qualidade das fibras, melhora as células e, já se sabe também, que há uma melhora de dose-resposta ao SNC. Quanto ao tipo de exercício pode variar entre cíclico (caminhadas; ciclismo e natação) como exercícios acíclicos (musculação; e algumas provas de atletismo).

 

Obrigada!

Até Logo

Super texto da Coluna em Movimento de Marina Gomide.

Email: gomide_m@hotmail.com

Instagram: @ma.personal

Mais dicas sobre treinamento e exercício físico:

TREINAMENTO DE RESISTÊNCIA: QUAL O SUCESSO?